segunda-feira, 4 de março de 2013

PLANOS DE AULA: EXERCÍCIOS DE 1 ATÉ 15






Disciplina: CCJ0001 - FUNDAMENTOS DAS CIÊNCIAS SOCIAIS


Resumo do ano passado do plano de aula do curso de Fundamentos das Ciências Sociais
Os conceitos sócio antropológicos de indivíduo e sociedade
O objeto das ciências sociais. Por Ciências Sociais entende-se o conjunto de saberes relativos
às áreas da Antropologia, Sociologia e Ciência Política. Assim, o objeto de estudo das Ciências
Sociais é a sociedade em suas dimensões sociológicas, antropológicas e políticas. II- As áreas
constitutivas das ciências sociais: Sociologia, Antropologia e Ciência Política. A Sociologia
estuda o homem e o universo sociocultural, analisando as inter-relações entre os diversos
fenômenos sociais. Na Antropologia privilegiam-se os aspectos culturais do comportamento
de grupos e comunidades. Na Ciência Política analisam-se as questões ligadas às instituições
do poder. Ao contrário de outras ciências, as Ciências Sociais lidam não apenas com o que se
chama de realidade, com fatos exteriores aos homens, mas igualmente com as interpretações
que são feitas sobre a realidade. III- A importância do estudo sócio antropológico na
compreensão da realidade. O conhecimento científico da vida social não se baseia apenas no
fato, mas na concepção do fato e na relação entre a concepção e o fato. Por estudar a ação dos
homens em sociedade, de seus símbolos, sua linguagem, seus valores e cultura, das aspirações
que os animam e das alterações que sofrem, as Ciências Sociais constituem ferramentas de estudo .... etc


Semana Aula: 1

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA. Cultura e Sociedade

TEMA:  Os conceitos sócioantropológicos de indivíduo e sociedade

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva: Leia o caso concreto abaixo descrito e responda as questões apresentadas.

O menino selvagem de Aveyron
Em setembro de 1799 um menino de cerca de 12 anos de idade foi encontrado perto da floresta de Aveyron, Sul da França. Estava sozinho, sem roupa, andava de quatro e não falava uma palavra. Aparentemente fora abandonado pelos pais e cresceu sozinho na floresta. O menino, a quem lhe deram o nome de Victor, foi levado para Paris, onde ficou aos cuidados do médico Jean-Marc-Gaspar Itard. Durante 5 anos o Dr.Itard dedicou-se a ensinar Victor a falar, a ler, a se comportar como um ser humano, mas seus esforços foram em vão. Pouco progresso foi conseguido durante esse tempo. Victor nunca falou e aprendeu a ler somente uma palavra (leite).
(www.forumnow.com.br).
Considerando a história de Victor, o que podemos concluir sobre o que acontece aos homens quando vivem isolados? Qual seria a importância da sociedade para a formação do indivíduo?

Questão de múltipla escolha:

As Ciências Sociais se dividem em três ciências específicas: A Sociologia, a Antropologia e a Ciência Política. Cada ciência social específica aborda distintos aspectos da realidade social. Essa realidade social é repartida conforme as diferenças existentes entre os diversos aspectos que a compõem. Esses aspectos constituem aos objetos das três ciências. Assinale a alternativa que expressa corretamente qual aspecto da realidade cada ciência social toma por objeto.

A) O uso cultural do twitter pelos indivíduos de uma sociedade é objeto da Antropologia; o uso do twitter como fato social é objeto da Ciência Política; o uso do twitter para uma campanha eleitoral é objeto da Sociologia.

B) O uso cultural do twitter pelos indivíduos de uma sociedade é objeto da Antropologia; o uso do twitter para uma campanha eleitoral é objeto da Ciência Política; o uso do twitter como fato social é objeto da Sociologia.

C) O uso do twitter para uma campanha eleitoral é objeto da Sociologia; o uso cultural do twitter pelos indivíduos de uma sociedade é objeto da Ciência Política; o uso do twitter como fato social é objeto da Antropologia.

D) O uso cultural do twitter pelos indivíduos de uma sociedade é objeto da Ciência Política; o uso do twitter como fato social é objeto da Sociologia; o uso do twitter para uma campanha eleitoral é objeto da Antropologia.

E) O uso cultural do twitter pelos indivíduos de uma sociedade é objeto da Ciência Política; o uso do twitter como fato social é objeto da Antropologia; o uso do twitter para uma campanha eleitoral é objeto da Sociologia.

 

 
Semana Aula: 2

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA: Cultura e Sociedade

TEMA: Objeto e método das ciências sociais

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva:

Leia a letra da música ”Comida”, de Arnaldo Antunes, Marcelo Fromer e Sérgio Brito e responda as questões propostas:

Bebida é água. Comida é pasto. Você tem sede de que? Você tem fome de que? A gente não quer só comida, A gente quer comida,

diversão e arte. A gente não quer só comida, A gente quer bebida, diversão, balé. A gente não quer só comida, A gente quer a vida como a

vida quer. Bebida é água. Comida é pasto. Você tem sede de que? Você tem fome de que? A gente não quer só comer, A gente quer comer

e fazer amor. A gente não quer só comer, A gente quer prazer pra aliviar a dor. A gente não quer só dinheiro, A gente quer inteiro e não

pela metade.

1. A letra da música fala de comida como forma de alimento, mas também de outro tipo de comida que sacia a ?fome da alma?. Neste

sentido, a partir do discutido nesta aula, explique os dois sentidos de fome a que se refere o texto.

2. Elabore um quadro comparativo que mostre a diferença entre ciências sociais e ciências naturais no que tange aos seus objetos.

Questão de múltipla escolha:

1. Considere as afirmativas a seguir:

I. A matéria prima da “Ciência Natural” não pode ser isolada em laboratório;

II. O cientista social desenvolve hipóteses e as testas em laboratório;

III. Nas ciências naturais, a prova ou teste de uma dada teoria pode ser feita por dois observadores situados em locais diversos, que

chegarão a resultados iguais;

IV. As ciências sociais lidam com realidades e ?verdades? dinâmicas em diferentes contextos temporais e regionais.

São corretas as seguintes afirmativas:

a) I e IV

b) III e IV

c) I e II

d) I e III

e) II e IV

 

Semana Aula: 3

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Cultura e Sociedade

TEMA

A análise antropológica da cultura

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva:

Leia o texto abaixo e responda:

Sobre meninos e meninas “Nos intervalos das aulas, durante o recreio, ou durante as aulas de Educação Física ou de

iniciação desportiva, evidencia-se, igualmente, um modelo diferenciador de condutas: em geral, os meninos dispõem de toda

a quadra esportiva só para eles. Ali podem correr, lutar, competir, em suma, preparar-se para a vida adulta; quanto a

meninas, para elas basta um pequeno espaço, de preferência à sombra, onde são estimuladas a conversar, brincar de corda

ou, no máximo, pular corda ou executar passos de dança rítmica? (TOSCANO, Moema. Igualdade na escola: preconceitos

sexuais na educação. Rio de Janeiro: CEDIM, 1995. p. 33).

Do ponto de vista socioantropológico os meninos têm uma tendência natural para lutar e as meninas para serem dançarinas?

Justifique sua resposta.

Questão de múltipla escolha:

Considere as afirmativas a seguir:

I -O comportamento individual está subordinado a determinados códigos culturais que programam coletivamente a maneira

de pensar, de sentir e de agir. I

II- Tudo o que for expressivo no corpo cumpre funções unicamente orgânicas e está fora da abordagem antropológica.

III- O corpo é determinado exclusivamente por sua atividade fisiológica, sofrendo pouca interferência de práticas culturais.

IV- É inegável que existem motivações orgânicas que conduzem os seres humanos, mas a cada uma dessas motivações

biológicas a cultura modela e atribui um significado especial.

Marque a letra a seguir que corresponda às afirmativas anteriores que podem ser consideradas corretas do ponto de vista

antropológico:

A) I e II

B) I e III

C) II e IV

D) I e IV

E) I, II e IV.

 

 

Semana Aula: 4

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Cultura e Sociedade

TEMA

Diversidade cultural e a formação social brasileira

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

 

Aplicação prática e teórica

Questão discursiva: Leia o texto abaixo e responda:

Durante a campanha presidencial de 1994, o então candidato Fernando Henrique Cardoso afirmou ?ter um pé na cozinha?,

buscando, assim, acionar uma ancestralidade africana e, conseqüentemente, afastar-se do estigma de que seria o candidato

das elites. Em entrevista cedida em 2005 ao jornal Folha de São Paulo, o renomado jogador de futebol Ronaldo Fenômeno

surpreendeu com a frase: ?Acho que todos os negros sofrem (com o racismo). Eu, que sou branco, sofro com tamanha

ignorância?.

Interprete as declarações acima com base nas discussões acerca da atualidade do ?mito das três raças?

Questão de múltipla escolha:

Degenerescência e personalismo são categorias de interpretação da realidade brasileira utilizadas, respectivamente, pelos

seguintes autores:

1. Sergio Buarque de Holanda e Gilberto Freyre.

2. Gobineau e Sério Buarque de Holanda.

3. Sérgio Buarque de Holanda e Gobineau.

4. Gilberto Freyre e Gobineau.

5. Gobineau e Darcy Ribeiro.

 

Semana Aula: 5

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

Contexto histórico da formação das Ciências Sociais

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva:

Leia o caso concreto e responda as perguntas apresentadas:

O ganhador do prêmio Nobel de Medicina James Watson, pioneiro no trabalho de deciframento do genoma humano, causou espanto ao

reacender com força total uma polêmica que parecia definitivamente superada pelos próprios geneticistas. O pesquisador americano, de

79 anos, declarou ao jornal "The Sunday Times" ser pessimista sobre a África porque as políticas ocidentais para os países africanos

eram, erroneamente, baseadas na presunção de que os negros seriam tão inteligentes quanto os brancos quando, na verdade "testes"

sugerem o contrário. Watson não apresentou argumentos científicos para embasar suas idéias nem especificou que "testes" seriam

esses. Afirmou apenas que os genes responsáveis pelas diferenças na inteligência humana devem ser descobertos dentro de 10 a 15

anos. Essas afirmações constam em um livro que será publicado na semana que vem, e no qual Watson escreve que não há motivo

algum para crer que "as capacidades intelectuais de povos separados em sua evolução tiveram que evoluir de modo idêntico". Para o

geneticista Sergio Pena, professor titular do Departamento de Bioquímica e Imunologia da UFMG, há uma relação genealógica entre

todas as populações do mundo, incluindo a européia, e a África. A Humanidade moderna emergiu na África há menos de 200 mil anos e

só nos últimos 60 mil anos saiu deste continente para habitar os outros: - Do ponto de vista evolucionário, somos todos africanos,

vivendo na África ou em exílio recente de lá. Não faz sentido haver diferenças biológicas entre africanos e povos de outros continentes.

Na opinião do geneticista, nos últimos 500 anos a África tem sido vítima de um imperialismo europeu impiedoso e selvagem, que criou

dissensões entre grupos étnicos e manteve o continente economicamente de joelhos. (O Globo, 19/10/2007).

1-O cientista James Watson estaria inspirado nas concepções no darwinismo social para explicar as diferenças de evolução entre os

povos e raças? Justifique.

2- É correto, do ponto de vista socioantropológico, afirmar que as características biológicas determinariam a superioridade de uns povos

e inferioridade de outros? Explique.

Questão de múltipla escolha:

Na questão abaixo, aparecem duas afirmativas ligadas pela expressão UMA VEZ QUE.

O Positivismo de Augusto Comte ?...compreende não só uma corrente de pensamento , mas também, e simultaneamente, uma

determinada concepção da história e uma proposta de reforma da sociedade e da religião?.

UMA VEZ QUE

Pela lei dos três estados, o autor imaginava ser possível uma classificação das sociedades em suas especificidades históricas e culturais.

Marque sua resposta de acordo com o código.

A) Se as duas afirmativas forem verdadeiras e a segunda explicar a primeira.

B) Se as duas afirmativas forem verdadeiras e a segunda não explicar a primeira.

C) Se as duas afirmativas forem falsas.

D) Se a primeira afirmativa for verdadeira e a segunda for falsa

E) Se a primeira afirmativa for falsa e a segunda verdadeira

CONSIDERAÇÃO ADICIONAL

Relatório - Plano de Aula 10/08/2012 10:55

Página: 3/3

 

 

Semana Aula: 6

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

A Sociologia de Émile Durkheim (I)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva:

Leia o caso concreto e responda as questões propostas: Jovens roubam e agridem doméstica e afirmam que a confundiram com

prostituta RIO - A empregada doméstica Sirley Dias de Carvalho Pinto, de 32 anos, teve a bolsa roubada e foi espancada por cinco jovens

moradores de condomínios de classe média da Barra da Tijuca, na madrugada de sábado. Os golpes foram todos direcionados à sua

cabeça. Presos por policiais da 16ª. DP (Barra), três dos rapazes ? o estudante de administração Felippe de Macedo Nery Neto, de 20

anos, o técnico de informática Leonardo Andrade, de 19, e o estudante de gastronomia Júlio Junqueira, de 21 ? confessaram o crime e

serão levados para a Polinter. Como justificativa para o que fizeram, alegaram ter confundido a vítima com uma prostituta. (Publicada

em 24/06/2007 às em O Globo On Line).

1 Identifique o fato social implícito no texto. Fundamente sua resposta segundo a concepção durkheimiana.

2 ? Como se apresenta, no texto, a consciência coletiva?

Questão de múltipla escolha:

Segundo Durkheim, em Educação e Sociedade, ?todo o sistema de representação que mantém em nós a idéia e sentimento da lei, da

disciplina interna ou externa, é instituído pela sociedade.? Conforme a teoria desse autor assinale a alternativa correta.

A) Apesar de sua natureza social, o fim da educação é individual.

B) A educação não possui natureza social, antagonizando indivíduo e sociedade.

C) A educação tem por objetivo suscitar o individualismo a fim de conservar a ordem.

D) Cabe à educação constituir no homem a capacidade de vida moral e social.

E) A educação visa inculcar nas classes populares a ideologia da classe dominante.

 

Semana Aula: 7

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

A sociologia de Émile Durkheim (II)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva:

Leia o caso concreto e responda as questões propostas: Infância na hora da morte A mortalidade infantil na pequena cidade

alagoana de Carneiros, a 253 quilômetros de Maceió, não é um índice, é um massacre: 633,3 em cada mil crianças. A miséria

absoluta em que vive o pequeno município de 5800 habitantes é a causa principal da infinidade de enterros: crianças mal

nutridas num lugar que praticamente nada produz, com exceção de pequenas culturas de mandioca e feijão, não resistem às

doenças respiratórias e às complicações intestinais. O único médico da cidade, Gérson Leão de Mello, 31 anos, clínico geral

formado pela Universidade Federal de Alagoas, atende em média oitenta pessoas, por dia, entre adultos e crianças. Muitas

doenças, diz ele, poderiam ser evitadas caso a população fosse mais informada e menos afeita a crendices populares e

tradicionais da região. As mulheres, por exemplo, em sua maioria casam-se muito jovens, com cerca de 14 anos, isto quer

dizer, quase crianças ainda, e têm em média, dezesseis filhos. Metade das crianças nascidas morre antes do primeiro ano de

vida. Há casos drásticos, como o de Marinalva Maria de Jesus de 51 anos. Dos seus 26 filhos, apenas 4 sobreviveram. ?

Vivemos em um mundo diferente?, diz ela, esperamos somente o dia em que Deus chama para nos tirar desta terra. A morte

das crianças é encarada como uma graça divina em Carneiros. Como diz Maria Milton dos Santos, 38 anos, que perdeu seis

dos dezesseis filhos que teve: ?Deus resolveu levá-los, me fazendo um favor?. (Adaptado da revista Isto È, maio de 2008),

Considerando o texto apresentado responda:

1- Que tipo de solidariedade social constitui a base da sociedade de Carneiros? Justifique sua resposta relacionando os

indicadores de solidariedade com o texto.

Questão de múltipla escolha:

Ao estudar os fatos sociais, Durkheim percebeu que alguns fenômenos desvelavam situações em que um indivíduo ou grupos

perdiam as referências normativas que orientavam a vida e, com isso, enfraqueciam a solidariedade social. Qual o conceito

desenvolvido por este autor que corresponde ao tema tratado na letra da música de Paulinho Moska exposta abaixo: ?Meu

amor o que você faria se só lhe restasse esse dia? Se o mundo fosse acabar, me diz o que você faria? Abria a porta do

hospício, fechava a da delegacia? Entrava de roupa no mar, trepava sem camisinha? Dinamitava o seu carro? Parava o

trânsito e ria...?

A) Normalidade

B) Anomia

C) Anarquia

D) Solidariedade orgânica

E) Solidariedade mecânica

CONSIDERAÇÃO ADICIONAL

Relatório - Plano de Aula 10/08/2012 10:56

Página: 3/3

 

 

Semana Aula: 8

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

A sociologia de Max Weber (I)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva: Leia o caso concreto e responda as perguntas apresentadas: Sociedade mais competitiva exige famílias menores Em

artigo publicado recentemente no Washington Post, o conhecido jornalista Alan Carlson aponta a crescente competitividade que existe

nos países mais desenvolvidos como uma das principais causas da queda dos índices de natalidade. Os filhos seriam um obstáculo ao

sucesso profissional dos pais, por causa do tempo e do dinheiro que teriam de ser dedicados à educação das crianças. Por este motivo

mais e mais casais optam por casamentos sem filhos ou mesmo por não casarem. Nas sociedades em que o capitalismo está no auge do

seu desenvolvimento, bom mesmo é ficar sozinho. Será? (Adaptado do jornal Folha de são Paulo de 18-08-2006.) 1- Segundo a teoria da

ação social de Weber, que tipo de ação está presente no texto? Justifique: 2- O texto apresenta a idéia de ?ficar sozinho?, exemplo típico

do individualismo crescente, como uma boa alternativa na sociedade contemporânea. Neste sentido, explique, segundo a visão

weberiana, por que o individualismo é uma tendência da sociedade moderna. Questão de múltipla escolha: De acordo com as idéias de

Weber, assinale a alternativa correta: Numa sociedade complexa como a brasileira, o sociólogo apresenta sua interpretação, que por

mais que possa ter certa respeitabilidade acadêmica, é mais uma versão que concorrerá com outras ? artísticas, políticas, em termos de

aceitação perante o público relativamente heterogêneo. PORQUE A realidade sempre é filtrada pelo ponto de vista do observador, o que

torna impossível qualquer possibilidade de realização de um estudo científico da sociedade. A) Se a primeira é verdadeira e a segunda é

falsa. B) Se a primeira é falsa e a segunda é verdadeira. C) Se as duas são verdadeiras e a segunda justifica a primeira. D) Se as duas são

verdadeiras e a segunda não justifica a primeira. E) Se as duas são falsas.

 

 

Semana Aula: 9

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

A sociologia de Max Weber (II)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva: Leia o texto abaixo e responda as perguntas apresentadas: Coronelismo , enxada e voto ?E assim nos parece este

aspecto importantíssimo do ?coronelismo?, que é o sistema de reciprocidade: de um lado, os chefes municipais e os ? coronéis?, que

conduzem magotes de eleitores como quem toca tropa de burros; de outro, a situação política dominante no Estado, que dispõe do

erário, dos empregos, dos favores e da força policial, que possui, em suma, o cofre das graças e o poder da desgraça. É claro, portanto,

que os dois aspectos ? o prestígio próprio dos ?coronéis? e o prestígio de empréstimo que o poder público lhes outorga ? são

mutuamente dependentes e funcionam ao mesmo tempo como determinantes e determinados. Sem a licença do ?coronel? ? firmada na

estrutura agrária do país ?, o governo não se sentiria obrigado a um tratamento de reciprocidade, e sem essa reciprocidade a liderança

do ?coronel? ficaria sensivelmente diminuída?. Fonte: LEAL, V. N., Coronelismo, enxada e voto. São Paulo: Alfa-Omega, 1986, 5ª ed., p.

43. 1- Weber, em sua perspectiva teórica sobre dominação, estabelece três tipos puros. Identifique e justifique o tipo de dominação

presente no texto. 2- Pode-se afirmar, na perspectiva weberiana, que o patrimonialismo é um entrave à modernidade? Justifique.

Questão de múltipla escolha: O texto abaixo, retirado do livro Carisma e Êxtase, de Charles Lindholm, caracteriza bem um dos tipos de

dominação legítima de Weber. Marque a opção que melhor o explique: O Servidor Possuído É um grande erro dizer que as populações

são controladas apenas pelo medo. Ao contrário, tudo indica que no começo de todas as grandes civilizações,incluindo as modernas,

houve um investimento extraordinário de amor, de servidão voluntária por parte de quem dirige e também de quem segue. Esta imagem

do líder é portanto distinta da delineada por Maquiavel, com sua famosa frase ?é muito mais seguro ser temido do que ser amado?. A)

Dominação tradicional, baseada na crença nas tradições vigentes e na legitimidade daqueles que, em virtude dessas tradições,

representam a autoridade. B) Dominação carismática, baseada na veneração extra cotidiana do heroísmo ou do caráter exemplar de

uma pessoa. C) Dominação carismática, baseada na crença nas tradições vigentes e na legitimidade daqueles que, em virtude dessas

tradições, representam a autoridade. D) Dominação racional-legal, baseada na legitimidade das ordens legais e do direito de mando dos

que, em razão dessas ordens, são nomeados para exercer a dominação. E) Dominação racional-legal, baseada na veneração extra

cotidiana do heroísmo ou do caráter exemplar de uma pessoa.

 

 

 

Semana Aula: 10

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

A concepção marxista da análise social (I)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

 

Questão discursiva: Leia o texto abaixo e responda: ?Hoje, para a sociedade, as mulheres são as vítimas e as vilãs do aborto clandestino,

inseguro, ilegal e malfeito, principalmente as mulheres pobres, em especial as negras. Para as mulheres ricas, existem clínicas seguras,

protegidas de infecções. Assim sonhamos que dia virá em que o aborto seja uma questão em que as mulheres decidam, a sociedade

respeite, o Estado garanta?. Discurso proferido pela presidente do Centro Feminista de Estudos e Assessoria. Jornal CFEMEA. Brasília, n.º

145, 2005, p. 2. O texto evidencia uma situação de desigualdade social. Explique, de acordo com a concepção marxista da análise social,

como se dá a produção de desigualdades nas sociedades capitalistas. Questão de múltipla escolha: ?Pela exploração do mercado

mundial a burguesia imprime um caráter cosmopolita à produção e ao consumo em todos os países. Para desespero dos reacionários, ela

retirou à indústria sua base nacional. As velhas indústrias nacionais foram destruídas e continuam a sê-lo diariamente. (...) Em lugar das

antigas necessidades satisfeitas pelos produtos nacionais, nascem novas necessidades, que reclamam para sua satisfação os produtos

das regiões mais longínquas e dos climas mais diversos. Em lugar do antigo isolamento de regiões e nações que se bastavam a si

próprias, desenvolve-se um intercâmbio universal, uma universal interdependência das nações. E isso se refere tanto à produção

material como à produção intelectual. (...) Devido ao rápido aperfeiçoamento dos instrumentos de produção e ao constante progresso

dos meios de comunicação, a burguesia arrasta para a torrente da civilização mesmo as nações mais bárbaras.? (MARX, K.; ENGELS, F.

Manifesto do Partido Comunista. São Paulo: Global, 1981. p. 24-25.) Com base na teoria marxista, assinale a alternativa correta. A) Desde

o início, a expansão do modo burguês de produção fica restrita às fronteiras de cada país, pois o capitalista é conservador quanto às

inovações tecnológicas. B) O processo de universalização é uma tendência do capitalismo desde sua origem, já que a burguesia precisa

de novos mercados, de novas mercadorias e de condições mais vantajosas de produção. C) A expansão do modo capitalista de produção

em escala mundial encontrou empecilhos na mentalidade burguesa apegada aos métodos tradicionais de organização do trabalho. D) Na

maioria dos países não europeus, a universalização do capital encontrou barreiras alfandegárias que impediram sua expansão. E) A

dificuldade de comunicação entre os países, devido ao baixo índice de progresso tecnológico, adiou para o século XX a universalização do

modo capitalista de produção.

 

 

Semana Aula: 11

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Modelos clássicos da análise e compreensão da sociedade e das instituições sociais e políticas

TEMA

A concepção marxista da análise social (II)

 

 

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva: Leia o texto abaixo e responda: Cidade Expulsa Mendigos Uma decisão da prefeitura de Apucarana, no interior do

Paraná, provocou reações na Secretaria Especial dos Direitos Humanos. Assistentes sociais recolheram os moradores de rua e aqueles

que não tinham parentes, recebeu uma passagem para deixar a cidade e a ameaça de ser processado por vadiagem se retornar. No dia

19/03/2007, assistentes sociais acompanhadas de PMS recolheram 15 mendigos e andarilhos, a maioria de outras cidades. ?Não é para

ficar aqui. Se você não mora aqui em Apuracarana não tem que ficar aqui?, reclamou uma delas Na delegacia a polícia fichou todo

mundo. Quem era da cidade foi encaminhado para casa de parentes ou abrigos. Seis moradores de rua receberam passagem de ônibus

para voltar aos locais de origem com uma advertência: Se fossem vistos de novo na cidade seriam processados por vadiagem. (Jornal

Hoje, 26/03/2007) O Direito na Sociedade Moderna define que todos os indivíduos têm os mesmos direitos e são iguais perante a lei.

Leia o texto e faça uma análise de acordo com a crítica marxista em relação ao sistema jurídico na sociedade capitalista. Questão de

múltipla escolha: ?Vem, vamos embora, que esperar não é saber. Quem sabe faz a hora não espera acontecer?. Este trecho da letra da

canção de Geraldo Vandré, ?Pra não dizer que não falei das flores?, expressa que importante conceito marxista? A) Ação social B)

Dialética C) Classe social D) Fato social E) Práxis

 

 

Semana Aula: 12

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

A atualidade das Ciências Sociais na compreensão da sociedade contemporânea

TEMA

Globalização, exclusão social e sustentabilidade ambiental no mundo contemporâneo.

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Questão discursiva (adaptada ENADE 2009)

O movimento antiglobalização apresenta-se, na virada deste novo milênio, como uma das principais novidades na arena política e no cenário da sociedade civil, dada

a sua forma de articulação/atuação em redes com extensão global. Ele tem elaborado uma nova gramática no repertório das demandas e dos conflitos sociais,

trazendo novamente as lutas sociais para o palco da cena pública, e a política para a dimensão, tanto na forma de operar, nas ruas, como no conteúdo do debate que

trouxe à tona: o modo de vida capitalista ocidental moderno e seus efeitos destrutivos sobre a natureza (humana, animal e vegetal). Gohn, 2003.

Com base no texto acima e nas discussões em sala de aula, apresente, pelo menos, duas características inovadoras do movimento antiglobalização.

Questão de múltipla escolha: (adaptada ENADE 2009)

O Ministério do Meio Ambiente, em junho de 2009, lançou a campanha para o consumo consciente de sacolas plásticas, que já atingem, aproximadamente, o número

de 2 bilhões por ano no Brasil.

Veja o slogan desta campanha:

SACO É UM SACO. PRA CIDADE, PRO PLANETA, PRO FUTURO, PRA VOCÊ.”

O possível êxito desta campanha ocorrerá porque

I. se cumpriu a meta de emissão de gás zero carbônico estabelecida pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, revertendo o atual quadro de elevação

das médias térmicas globais.

II. deixaram de ser empregados, na confecção das sacolas plásticas, materiais oxidobiodegradáveis e os chamados bioplásticos que sob certas condições de luz e

calor, se fragmentam.

III. foram adotadas, por parcelas da sociedade brasileira, ações comprometidas com a mudanças em seu modo de produção e consumo, atendendo parte dos

objetivos preconizados pela sustentabilidade.

IV. houve redução no quantitativo de sacolas plásticas descartadas indiscriminadamente no ambiente.

Estão corretas somente as afirmativas

A) I e II.

B) I e III

C) II e III

D) II e IV

E) III e IV

 

 

 

 

Semana Aula: 13

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

A atualidade das Ciências Sociais na compreensão da sociedade contemporânea

TEMA

Novos padrões morais e culturais na sociedade contemporânea

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

 

Questão discursiva: Leia o texto abaixo e responda as questões propostas: STF reconhece união homoafetiva por unanimidade (O Estado

de São Paulo, 05/05/2011) Os casais homossexuais têm os mesmos direitos e deveres que a legislação brasileira já estabelece para os

casais heterossexuais. A partir da decisão de hoje do Supremo Tribunal Federal (STF), as uniões homoafetivas passam a ser tratadas

como um novo tipo de família. O julgamento do Supremo, que aprovou por unanimidade o reconhecimento legal da união homoafetiva,

torna praticamente automáticos os direitos que hoje são obtidos com dificuldades na Justiça e põe fim à discriminação legal dos

homossexuais. "O reconhecimento, portanto, pelo tribunal, hoje, desses direitos, responde a um grupo de pessoas que durante longo

tempo foram humilhadas, cujos direitos foram ignorados, cuja dignidade foi ofendida, cuja identidade foi denegada e cuja liberdade foi

oprimida", afirmou a ministra Ellen Gracie. As uniões homoafetivas serão colocadas com a decisão do tribunal ao lado dos três tipos de

família já reconhecidos pela Constituição: a família convencional formada com o casamento, a família decorrente da união estável e a

família formada, por exemplo, pela mãe solteira e seus filhos. E como entidade familiar, as uniões de pessoas do mesmo sexo passam a

merecer a mesma proteção do Estado. 1- O texto se refere às uniões homoafetivas como um novo tipo de família. Tal afirmação pode ser

considera correta do ponto de vista antropológico? Justifique a resposta. 2- Cite algumas implicações sociais e jurídicas dessa decisão do

Supremo Tribunal Federal. Questão de múltipla escolha: Os papéis sociais foram, no passado, conhecidos como o resultado de uma

divisão ?natural? do trabalho. Para os cientistas sociais que estudam gênero, a divisão sexual de tarefas, longe de ser conseqüência

natural de diferenças biológicas, é construção criada e mantida pela sociedade. Nesse sentido, assinale a única opção correta com

relação aos objetivos da pesquisa de gênero, no âmbito das ciências sociais. A) Os estudos de gênero têm como objetivo exclusivo a

distribuição do poder feminino no conjunto da sociedade. B) A pesquisa de gênero tem como objetivo mostrar para a sociedade que as

mulheres possuem características inatas diferentes no que tange à divisão social do trabalho. C) A pesquisa de gênero tem como objetivo

básico demonstrar que as diferenças entre homens e mulheres no mercado de trabalho são biologicamente determinadas. D) Os estudos

de gênero realizados no âmbito das ciências sociais têm como objetivo restrito e exclusivo a introdução das mulheres no mercado de

trabalho. E) Nas ciências sociais, a pesquisa de gênero procura estudar a distribuição de poder e de recursos entre homens e mulheres

em uma dada sociedade, considerando a questão de gênero como uma dimensão fundamental da análise social.

 

 

Semana Aula: 14

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Aula de revisão (I)

OBJETIVO

Rever os conteúdos trabalhados nas aulas 1 a 7.

TEMA

Revisão de conteúdos (I)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Marque a alternativa correta a partir da perspectiva antropológica: Ao ouvirmos uma afirmativa do tipo: ? a família de João é maluca. Ele

ficou doente e ao invés de eles procurarem um médico, foram a um Centro Espírita. Que horror! Que falta de civilização!? podemos

afirmar que: A) Existem pessoas, como a que expressou essa frase, que revelam em suas atitudes a preocupação com a saúde da

população. B) Este é um exemplo claro de relativismo cultural. C) Este é um exemplo claro de etnocentrismo. D) Quem usa uma

afirmativa deste tipo está certo, uma vez que atitudes deste tipo, como a realizada pela família de João, podem acabar matando as

pessoas. E) Este é um exemplo claro de uma postura tolerante em relação ao outro. 2- Um jovem que havia ingressado recentemente na

universidade foi convidado para uma festa de recepção de calouros. No convite distribuído pelos veteranos não havia informação sobre

o traje apropriado para a festa. O calouro, imaginando que a festa seria formal, compareceu vestido com traje social. Ao entrar na festa,

em que todos estavam trajando roupas esportivas, causou estranheza, provocando risos, cochichos com comentários maldosos, olhares

de espanto e de admiração. O calouro não estava vestido de acordo com o grupo e sentiu as represálias sobre o seu comportamento. As

regras que regem o comportamento e as maneiras de se conduzir em sociedade podem ser denominadas, segundo Émile Durkheim

(1858-1917), como fato social. Considere as afirmativas abaixo sobre as características do fato social para Émile Durkheim. I. O fato social

é todo fenômeno que ocorre ocasionalmente na sociedade. II. O fato social caracteriza-se por exercer um poder de coerção sobre as

consciências individuais. III. O fato social é exterior ao indivíduo e apresenta-se generalizado na coletividade. IV. O fato social expressa o

predomínio do ser individual sobre o ser social. Assinale a alternativa correta. A) Apenas as afirmativas I e II são corretas. B) Apenas as

afirmativas I e IV são corretas. C) Apenas as afirmativas II e III são corretas. D) Apenas as afirmativas I, III e IV são corretas. E) Apenas as

afirmativas I, II e IV são corretas. 3- Ao estudar os fatos sociais, Durkheim percebeu que alguns fenômenos desvelavam situações em que

um indivíduo ou grupos perdiam as referências normativas que orientavam a vida e, com isso, enfraqueciam a solidariedade social. O

indivíduo sentia-se livre de vínculos sociais e, muitas vezes, apresentava um comportamento anti-social. Com base nessa idéia, assinale a

única alternativa certa sobre o conceito desenvolvido por este autor que corresponde ao tema tratado na letra da música de Raul Seixas,

? O dia em que a terra parou ?, apresentada abaixo.: No dia em que todas as pessoas/ Do planeta inteiro/ Resolveram que ninguém ia

sair de casa/ Como que se fosse combinado em todo o planeta/ Naquele dia, ninguém saiu saiu de casa, ninguém/ O empregado não saiu

pro seu trabalho/ Pois sabia que o patrão também não tava lá/ Dona de casa não saiu pra comprar pão/ Pois sabia que o padeiro

também não tava lá/ E o guarda não saiu para prender/ Pois sabia que o ladrão, também não tava lá/ E o ladrão não saiu para roubar

Pois sabia que não ia ter onde gastar (...) E nas Igrejas nem um sino a badalar/ Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá/ E os fiéis

não saíram pra rezar/ Pois sabiam que o padre também não tava lá E o aluno não saiu para estudar/ Pois sabia o professor também não

tava lá/ E o professor não saiu pra lecionar/ Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar No dia em que a Terra parou (Ôôôô)/ No dia

em que a Terra parou (...) A) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de anomia, acirramento ou interiorização das

normas de conduta. B) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de normalidade, pois episódios como esse ocorrem

frequentemente. C) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de normalidade, já que este fato encontra-se fora limites

estabelecidos pela coletividade. D) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de anomia, inversão ou ausência total das

normas de conduta. E) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de patologia social, já que este fato encontra-se nos

limites da consciência coletiva. Questões discursivas: Questão I- Leia o caso concreto abaixo e responda as questões propostas:

Estudantes denunciam pichação contra judeus no RS Por: Globo online, 19/11/2007 Estudantes que concorrem à eleição do Diretório

Central dos Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) denunciam que foram vítimas de preconceito. Os alunos

pretendem registrar um boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (19), em Porto Alegre. Eles afirmam que um cartaz com a

propaganda eleitoral de uma das chapas foi pichado com uma suástica e com os dizeres "fora judeus". A chapa é a única das quatro que

disputam a eleição que tem integrantes judeus e a única contra o sistema de cotas. A pichação foi feita em frente ao prédio da Faculdade

de Engenharia Mecânica, na Rua Sarmento Leite, na capital gaúcha. Procurada pela reportagem do G1, a UFRGS não se manifestou sobre

o caso. Outro episódio Em junho deste ano, o Diretório Central dos Estudantes da UFRGS entregou ao Ministério Público um dossiê sobre

manifestações racistas de um grupo que agiria dentro da instituição. Na época, o muro de um bar na Avenida João Pessoa em frente à

Faculdade de Direito da universidade foi pichado com a frase ?Negro só se for na Cozinha do R.U., cotas não!". No mesmo local, foi

pintada uma cruz suástica, símbolo do nazismo. Já na Rua Sarmento Leite, uma calçada foi pintada com a frase "Voltem para a Senzala".

A) O episódio relatado no texto mostra uma postura preconceituosa a respeito de negros e judeus, considerados ?raças inferiores.?

Sabemos que o positivismo teve como principal fundamento a idéia de ordem e progresso através de uma perspectiva evolucionista.

Podemos encontrar influência desta concepção no texto? Por quê? B) A idéia de superioridade racial faz parte do imaginário de muitas

sociedades, que sofreram influência da doutrina positivista, inclusive o Brasil. È correto afirmar as justificativas racialistas explicariam a

diferença de desenvolvimento entre pessoas, grupos, sociedades? Justifique. Questão II: Leia o caso concreto abaixo e responda as

questões propostas Filho único Muitos países enfrentam sérios problemas com seu elevado crescimento populacional. Em alguns destes

países, foi proposta (e por vezes colocada em efeito), a proibição de as famílias terem mais de um filho. Algumas vezes, no entanto, esta

política teve conseqüências trágicas. Na China, por exemplo, houve registros de famílias de camponeses abandonarem suas filhas recémnascidas

ou abortarem para terem uma outra chance de ter um filho do sexo masculino. Em um país que guarda pesadas tradições, as

mulheres ainda são consideradas inferiores aos homens, portanto, ter um filho do sexo masculino, significa, além de braços fortes para

lavoura, sinal de status social. O resultado disso é que nos últimos anos a China teve uma vertiginosa queda no número de mulheres,

tendo chegado a um desequilíbrio assustador: para cada 10 homens existe apenas uma mulher disponível para casar. Teme-se que

aumente os casos de estupro ( questão adaptada do ENADE 2004) A) Na visão durkheimiana qual seria o modelo de sociedade que

caracterizaria a China? Por quê? B) Que tipo de solidariedade e vínculos constitui a base da sociedade chinesa? Justifique. QUESTÃO III: A

Sociologia, para Max Weber, é a ciência ?que pretende entende, interpretando-a, a ação social para, dessa maneira, explicá-la

casualmente em seu desenvolvimento e efeitos? (Weber, Max. Economia e Sociedade). Para compreender uma ação através do método

científico, o sociólogo constrói tipos puros ou ideais de ação. Nesta perspectiva, analise o texto abaixo, identificando os tipos de ação e

motivação presentes (Vale até 2,0) Um grupo de estudantes negros da ONG Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes

(Educafro) realizou hoje um protesto na Câmara dos Deputados. Os estudantes vieram de São Paulo para participar da audiência pública

que debateu a "Adoção de Cotas Étnicas e Raciais nas Universidades Públicas", promovida pela Comissão de Educação e Cultura em

parceria com a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Os alunos se acorrentaram no meio do salão,

formando um círculo. Eles empunhavam cartazes com os dizeres "Ações Afirmativas e Inclusão Já!" e cantavam palavras de ordem

"Congresso eu quero estudar, adote as cotas para o Brasil melhorar". (Agência Brasil, 18/10/2005)

 

Semana Aula: 14

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Aula de revisão (I)

TEMA

Revisão de conteúdos (I)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Marque a alternativa correta a partir da perspectiva antropológica: Ao ouvirmos uma afirmativa do tipo: ? a família de João é maluca. Ele

ficou doente e ao invés de eles procurarem um médico, foram a um Centro Espírita. Que horror! Que falta de civilização!? podemos

afirmar que: A) Existem pessoas, como a que expressou essa frase, que revelam em suas atitudes a preocupação com a saúde da

população. B) Este é um exemplo claro de relativismo cultural. C) Este é um exemplo claro de etnocentrismo. D) Quem usa uma

afirmativa deste tipo está certo, uma vez que atitudes deste tipo, como a realizada pela família de João, podem acabar matando as

pessoas. E) Este é um exemplo claro de uma postura tolerante em relação ao outro. 2- Um jovem que havia ingressado recentemente na

universidade foi convidado para uma festa de recepção de calouros. No convite distribuído pelos veteranos não havia informação sobre

o traje apropriado para a festa. O calouro, imaginando que a festa seria formal, compareceu vestido com traje social. Ao entrar na festa,

em que todos estavam trajando roupas esportivas, causou estranheza, provocando risos, cochichos com comentários maldosos, olhares

de espanto e de admiração. O calouro não estava vestido de acordo com o grupo e sentiu as represálias sobre o seu comportamento. As

regras que regem o comportamento e as maneiras de se conduzir em sociedade podem ser denominadas, segundo Émile Durkheim

(1858-1917), como fato social. Considere as afirmativas abaixo sobre as características do fato social para Émile Durkheim. I. O fato social

é todo fenômeno que ocorre ocasionalmente na sociedade. II. O fato social caracteriza-se por exercer um poder de coerção sobre as

consciências individuais. III. O fato social é exterior ao indivíduo e apresenta-se generalizado na coletividade. IV. O fato social expressa o

predomínio do ser individual sobre o ser social. Assinale a alternativa correta. A) Apenas as afirmativas I e II são corretas. B) Apenas as

afirmativas I e IV são corretas. C) Apenas as afirmativas II e III são corretas. D) Apenas as afirmativas I, III e IV são corretas. E) Apenas as

afirmativas I, II e IV são corretas. 3- Ao estudar os fatos sociais, Durkheim percebeu que alguns fenômenos desvelavam situações em que

um indivíduo ou grupos perdiam as referências normativas que orientavam a vida e, com isso, enfraqueciam a solidariedade social. O

indivíduo sentia-se livre de vínculos sociais e, muitas vezes, apresentava um comportamento anti-social. Com base nessa idéia, assinale a

única alternativa certa sobre o conceito desenvolvido por este autor que corresponde ao tema tratado na letra da música de Raul Seixas,

? O dia em que a terra parou ?, apresentada abaixo.: No dia em que todas as pessoas/ Do planeta inteiro/ Resolveram que ninguém ia

sair de casa/ Como que se fosse combinado em todo o planeta/ Naquele dia, ninguém saiu saiu de casa, ninguém/ O empregado não saiu

pro seu trabalho/ Pois sabia que o patrão também não tava lá/ Dona de casa não saiu pra comprar pão/ Pois sabia que o padeiro

também não tava lá/ E o guarda não saiu para prender/ Pois sabia que o ladrão, também não tava lá/ E o ladrão não saiu para roubar

Pois sabia que não ia ter onde gastar (...) E nas Igrejas nem um sino a badalar/ Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá/ E os fiéis

não saíram pra rezar/ Pois sabiam que o padre também não tava lá E o aluno não saiu para estudar/ Pois sabia o professor também não

tava lá/ E o professor não saiu pra lecionar/ Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar No dia em que a Terra parou (Ôôôô)/ No dia

em que a Terra parou (...) A) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de anomia, acirramento ou interiorização das

normas de conduta. B) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de normalidade, pois episódios como esse ocorrem

frequentemente. C) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de normalidade, já que este fato encontra-se fora limites

estabelecidos pela coletividade. D) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de anomia, inversão ou ausência total das

normas de conduta. E) A letra desta música pode ser pensada como caso típico de patologia social, já que este fato encontra-se nos

limites da consciência coletiva. Questões discursivas: Questão I- Leia o caso concreto abaixo e responda as questões propostas:

Estudantes denunciam pichação contra judeus no RS Por: Globo online, 19/11/2007 Estudantes que concorrem à eleição do Diretório

Central dos Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) denunciam que foram vítimas de preconceito. Os alunos

pretendem registrar um boletim de ocorrência na manhã desta segunda-feira (19), em Porto Alegre. Eles afirmam que um cartaz com a

propaganda eleitoral de uma das chapas foi pichado com uma suástica e com os dizeres "fora judeus". A chapa é a única das quatro que

disputam a eleição que tem integrantes judeus e a única contra o sistema de cotas. A pichação foi feita em frente ao prédio da Faculdade

de Engenharia Mecânica, na Rua Sarmento Leite, na capital gaúcha. Procurada pela reportagem do G1, a UFRGS não se manifestou sobre

o caso. Outro episódio Em junho deste ano, o Diretório Central dos Estudantes da UFRGS entregou ao Ministério Público um dossiê sobre

manifestações racistas de um grupo que agiria dentro da instituição. Na época, o muro de um bar na Avenida João Pessoa em frente à

Faculdade de Direito da universidade foi pichado com a frase ?Negro só se for na Cozinha do R.U., cotas não!". No mesmo local, foi

pintada uma cruz suástica, símbolo do nazismo. Já na Rua Sarmento Leite, uma calçada foi pintada com a frase "Voltem para a Senzala".

A) O episódio relatado no texto mostra uma postura preconceituosa a respeito de negros e judeus, considerados ?raças inferiores.?

Sabemos que o positivismo teve como principal fundamento a idéia de ordem e progresso através de uma perspectiva evolucionista.

Podemos encontrar influência desta concepção no texto? Por quê? B) A idéia de superioridade racial faz parte do imaginário de muitas

sociedades, que sofreram influência da doutrina positivista, inclusive o Brasil. È correto afirmar as justificativas racialistas explicariam a

diferença de desenvolvimento entre pessoas, grupos, sociedades? Justifique. Questão II: Leia o caso concreto abaixo e responda as

questões propostas Filho único Muitos países enfrentam sérios problemas com seu elevado crescimento populacional. Em alguns destes

países, foi proposta (e por vezes colocada em efeito), a proibição de as famílias terem mais de um filho. Algumas vezes, no entanto, esta

política teve conseqüências trágicas. Na China, por exemplo, houve registros de famílias de camponeses abandonarem suas filhas recémnascidas

ou abortarem para terem uma outra chance de ter um filho do sexo masculino. Em um país que guarda pesadas tradições, as

mulheres ainda são consideradas inferiores aos homens, portanto, ter um filho do sexo masculino, significa, além de braços fortes para

lavoura, sinal de status social. O resultado disso é que nos últimos anos a China teve uma vertiginosa queda no número de mulheres,

tendo chegado a um desequilíbrio assustador: para cada 10 homens existe apenas uma mulher disponível para casar. Teme-se que

aumente os casos de estupro ( questão adaptada do ENADE 2004) A) Na visão durkheimiana qual seria o modelo de sociedade que

caracterizaria a China? Por quê? B) Que tipo de solidariedade e vínculos constitui a base da sociedade chinesa? Justifique. QUESTÃO III: A

Sociologia, para Max Weber, é a ciência ?que pretende entende, interpretando-a, a ação social para, dessa maneira, explicá-la

casualmente em seu desenvolvimento e efeitos? (Weber, Max. Economia e Sociedade). Para compreender uma ação através do método

científico, o sociólogo constrói tipos puros ou ideais de ação. Nesta perspectiva, analise o texto abaixo, identificando os tipos de ação e

motivação presentes (Vale até 2,0) Um grupo de estudantes negros da ONG Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes

(Educafro) realizou hoje um protesto na Câmara dos Deputados. Os estudantes vieram de São Paulo para participar da audiência pública

que debateu a "Adoção de Cotas Étnicas e Raciais nas Universidades Públicas", promovida pela Comissão de Educação e Cultura em

parceria com a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Os alunos se acorrentaram no meio do salão,

formando um círculo. Eles empunhavam cartazes com os dizeres "Ações Afirmativas e Inclusão Já!" e cantavam palavras de ordem

"Congresso eu quero estudar, adote as cotas para o Brasil melhorar". (Agência Brasil, 18/10/2005)

 

 

Semana Aula: 15

DESCRIÇÃO DO PLANO DE AULA

Aula de revisão (II)

OBJETIVO

Rever os conteúdos trabalhados nas aulas 8 a 13.

TEMA

Revisão de conteúdos (II)

APLICAÇÃO PRÁTICA/ TEÓRICA

Leia o texto e responda a questão proposta (adaptada do ENADE 2005) Um dos objetivos do Fórum Nacional de Movimentos e

Organizações Juvenis é reunir, em um espaço plural e autônomo, as diversas juventudes brasileiras e articular suas lutas e bandeiras. O

Fórum conta com a adesão de ONGs e de entidades dos movimentos estudantis, juventudes partidárias, movimento hip-hop e setores

juvenis de movimentos sociais. Nesse sentido, o Fórum: A) Propõe-se ser um espaço para os partidos políticos atuarem. B) Não é um ator

político. C) Pretende ser parte da estrutura estatal. D) Propõe-se ser um espaço que contemple a diversidade dos movimentos e

organizações juvenis. E) Possui com objetivo ter lutas e bandeiras ideologicamente homogêneas. 2- Nas sociedades capitalistas o

trabalhador não se reconhece no produto que criou, em condições que escapam a seu arbítrio e às vezes até à sua compreensão.

Identifique o conceito que melhor expressa a sentença acima: A) Alienação, teorizado por Marx B) Anomia, teorizado por Durkheim C)

Alienação, teorizado por Weber. D) Práxis, teorizado por Marx E) Práxis, teorizado por Weber. 3- Leia o texto e responda a questão

proposta: Atualmente as universidades discutem sobre a implementação de cotas para grupos excluídos historicamente da sociedade. ?

Temos o direito de, em nome do anti-racismo, correr o risco de transformar os pátios dessas escolas em espaços divididos entre brancos

e negros definidos por lei?? questiona Yvonne Maggie, professora titular de Antropologia da UFRJ. Para Frei Davi Raimundo dos Santos,

diretor Executivo da ong EDUCAFRO, ?o quadro do país é injusto com os negros e defende a ampliação do sistema de cotas?. No centro

desse debate, a expressão-chave é ?ações afirmativas?. Tais ações devem ser entendidas corretamente como: A) As políticas

governamentais para proteção restrita às populações negras e pardas. B) As políticas de discriminação positiva, que objetivam a inserção

de grupos que se encontram em situação de desigualdade e (ou) de discriminação social. C) As ações de grupos beneficentes cujo

objetivo é a ajuda aos grupos excluídos da sociedade. D) Um conjunto de medidas cujo objetivo restringe-se a fornecer ajuda a

populações carentes. E) um conjunto de medidas cujo objetivo único é propiciar mais escolaridade ao conjunto da população. Questões

discursivas: Questão I - O trecho abaixo, fragmento de poesia do dramaturgo alemão Bertold Brecht, permite-nos pensar sobre um

conceito basilar do pensamento marxista. Identifique-o, defina-o e relacione-o com o texto em questão. ?Há homens que lutam um dia e

são bons. Há outros que lutam um ano e são melhores. Há os que lutam muitos anos, e são muito bons. Mas há os que lutam toda a vida,

esses são os imprescindíveis.? Questão II: Leia o caso concreto abaixo e responda as questões propostas ?Pobreza não é uma escolha do

indivíduo nem uma condenação divina. É o resultado de forças sociais? (Herber Gans, in Revista Veja, 1/11/96). Combater a pobreza não

é transformar pessoas e comunidades em beneficiários passivos de programas sociais. Toda pessoa tem habilidades e dons. Toda

comunidade tem recursos e ativos. Combater a pobreza é fortalecer capacidades e potencializar recursos." (Ruth Cardoso, in

Fortalecimento da Sociedade Civil) Explique as afirmações acima com base na visão sociológica contemporânea acerca da questão da

pobreza. Utilize na sua argumentação pelo menos um autor estudado durante as aulas QUESTÃO III: O movimento feminista começa sua

ação junto às próprias mulheres, propondo-lhes uma outra visão de si mesmas, que supere os sentimentos de autodepreciação, que uma

eventual recusa aos ?papéis femininos? não deixa de acarretar? (Paul Singer. O feminino e o feminismo). Em que sentido as questões

levantadas pelo movimento feminista dizem respeito a outros movimentos de minorias sociais como o dos negros e dos gays?

Nenhum comentário:

Postar um comentário